Armazém 93

      Localizado num loteamento industrial, junto à entrada principal da cidade, é pensada uma estrutura modular, versátil e capaz de acompanhar a organização da malha urbana, na qual se insere.

      Devido à sua localização privilegiada e com intuito de proporcionar espaço, tanto comercial como de armazém, é proposto um edifício composto por dois pisos.

      De modo a manter a topografia existente, intocada e minimizando a movimentação de terras, o acentuado desnível presente permite a criação de um piso, em cave, com acesso pela lateral através de uma rampa.

      O edifício ocupa todo o limite de implantação, mantendo assim a simetria com os edifícios envolventes, o que resulta numa forma simples e retangular, funcional e adaptável.

      A fachada orientada a sul, principal e junto à rua é envidraçada, o que concede a entrada de luz no seu interior bem como possibilita a sua adaptação enquanto montra.

      De modo a controlar a intensidade de luz bem como o controlo térmico, uma pala surge da lateral do edifício, permitindo assim sombreamento no momento mais acentuado.

      A estrutura metálica permite simplicidade e rapidez construtiva. Aliado à execução de fachada ventilada, surge um edifício eficiente e sustentável.

      O revestimento em chapa perfilada, existente nos edifícios adjacentes, é aplicado na parte inferior do edificio, tendo-se optado por painéis fenólicos na parte superior. Esta simbiose de materiais cria a transposição do existente para o contraste do criado, criando uma costura que se marca pela existência dos vãos. Assim, o edifício conecta-se na base e destaca-se no topo.

  • Localização

    Setúbal, Portugal

  • Área

    1082.80 m2

  • Serviços

    Arquitectura, Engenharia, Gestão de Obra