Aldi Loures

      Desde o ano de 1946 que a cadeia de supermercados alemã Aldi, tem procurado marcar a sua posição no mundo. A partir do ano de 2006, instala-se em território português e começa a sua expansão.
    Localizado numa área sub-urbana de Loures, com uma massa habitacional bastante densa, o lote permite a implementação de um supermercado que possa proporcionar não só a disponibilidade dos seus produtos como também uma melhoria na vivência do espaço.
      Atendendo as exigências características desta empresa, tanto na apresentação do seu espaço, exterior e interior, bem como a organização de espaço e materiais utilizados, é proposto um edifício versátil e funcional, feito a pensar nas pessoas. Os acessos foram pensados de modo a evitar congestionamento e manter a fluidez. Com entrada a noroeste e zona de apoio técnico e armazém a sul, permite o controlo do ambiente e temperatura interior.
      Acompanhando a evolução da empresa, foi implementado um plano sustentável, através da orientação do edifício, dos materiais utilizados e recurso a aproveitamentos energéticos. Toda a fachada acompanha a leitura dos outros empreendimentos da cadeira, sendo revestida com painéis fenólicos que por sua vez conferem facilidade de manutenção e boa capacidade térmica. Os tradicionais blocos de tijolo maciço, que remetem ao edifício original, foram aplicados na fachada. O espaço interior permanece maioritariamente em open space, que facilmente pode ser adaptado às necessidades emergentes.

      A sua envolvente densamente urbana, carenciava de um espaço exterior de usufruto de um meio natural, de espaço para actividades desportivas e lúdicas, de contemplação e lazer. Após análise do espaço, é proposto um sistema densamente arborizado, servindo de barreira acústica e visual da avenida com frequente circulação automóvel. Recriando a topografia existente, permite criar um relevo inferior ao da via automóvel, permitindo assim criar um lugar refundido e mais seguro. Junto a esta via, são colocados os espaços de maior actividade física, tal como um campo multiusos e o início de uma pista de manutenção. Ao longo dos percursos pedonais, são criados espaços de estar rodeados de vegetação arbustiva e árvores que aumentam a pertença do ser humano no ambiente natural. Um percurso pedonal serve de ligação ao espaço oposto, um lugar com equipamentos de manutenção e de actividades físicas, bem como zonas de estar e lazer.
      É criado assim um espaço público de usufruto para todos os habitantes, independentemente da sua condição. Um espaço que proporcione bem-estar e que mantenha a ligação com o meio natural.

  • Localização

    Loures, Portugal

  • Área

    1324.00 m2

  • Serviços

    Arquitectura, Planeamento Urbano

  • Website